New Grove

new-grove
new grove-min

Tendo sido primeiro descoberta pelos portugueses, depois pelos holandeses, as ilhas Maurícias devem o seu espírito aos franceses e em particular a Mahé de Labourdonnais, famoso governador ao serviço da Companhia Francesa das Índias Orientais.

Vencedores de vários prémios, os runs New Grove são testemunhos da antiga história da arte de fazer rum. Eles representam a herança e excelência da tradição de rum das Maurícias. A colheita da cana do açúcar inicia-se em junho e só as melhores canas das melhores parcelas são selecionadas para a confeção do rum. O açúcar refinado, que produz melaço rico em cristais de açúcar, é armazenado e fermentado em cubas durante 36 horas. Inicia-se assim a destilação. Os sabores naturais são então extraídos das 52 colunas de destilação. Um primeiro rum “nasce” mas o grau de álcool é significante: 94%. Seguindo o método de Pierre Charles Harel, os sabores que resultam da destilação vão produzir o rum.

São necessários, pelo menos, 8 anos para os runs brancos estabilizarem enquanto os cascos de carvalho de Limousin, França, fazem o seu trabalho, devagar, envelhecendo runs pacientemente. Respirando e arredondando os taninos nos cascos, este lento processo vai trazer ao rum todo o seu sabor, suavidade e o seu distinto tom âmbar. Apenas os runs New Grove são capazes de ter este sabor único e tradicional, naturalmente criado.